Dono de açougue é autuado por abate ilegal de animais em Borborema

Segundo a Polícia Ambiental, local foi descoberto após caminhão que transporta restos de animais entrar na propriedade rural.

Dono de açougue é autuado por abate ilegal de animais em sítio de Borborema — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

BORBOREMA-SP — O dono de um açougue de Borborema foi autuado pela prefeitura do município nesta segunda-feira, dia 26 de julho de 2021, suspeito de praticar o abate irregular de animais em um sítio de sua propriedade localizado na zona rural da cidade.

A descoberta da atividade ilegal foi feita pela Polícia Ambiental de Ibitinga, que abordou na Rodovia Deputado Leônidas Pacheco Ferreira –SP-304 – um caminhão de transporte de restos de animais, que estava sem carga.

Após sua liberação, o motorista do veículo entrou em uma propriedade rural cuja porteira ficava próxima à rodovia, o que chamou a atenção dos policiais para um possível local de abate clandestino de animal.

Logo depois da abordagem na rodovia, a Polícia Ambiental foi à propriedade rural e encontrou o mesmo caminhão já carregado com restos de bovinos abatidos no local. Segundo a polícia, a proximidade do local de abate era frequentada por porcos e urubus.

Porcos e urubus circulam nas proximidades do local de abate de animais em sítio de Borborema — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

O funcionário do sítio confirmou que o local pertence ao dono de um açougue na cidade e que animais abatidos nesta segunda-feira já tinham sido transportados para o comércio de carnes.

A PM foi acionada e, junto com a fiscalização sanitária da prefeitura, constatou a irregularidade, que resultou em um auto de infração contra o dono da propriedade e do açougue.

O caso foi apresentado na Polícia Civil de Borborema, que ouviu os envolvidos e vai investigar os suspeitos pela prática de crime contra a economia e relações de consumo, que prevê pena de detenção de dois a cinco anos. Ninguém foi preso.

Fiscalização sanitária da Prefeitura de Borborema aplicou auto de infração contra o dono do sítio e do açougue — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana