Mãe que passou por parto enquanto estava intubada com Covid volta para casa com bebê

Moradora de Assis foi infectada quando estava com 5 meses de gestação e precisou fazer o parto de emergência. Após a alta, quando o filho já tinha um mês, Cristiane ficou pouco mais de 3 meses vendo só fotos e vídeos do Heitor, que estava internado em Presidente Prudente.

Mãe vê filho recém-nascido pela 1ª vez em Presidente Prudente — Foto: Santa Casa de Presidente Prudente

ASSIS-SP — A moradora de Assis Cristiane Colombo Bonato, que passou por um parto de emergência quando ficou intubada com Covid-19, e conheceu o filho somente quatro meses após o nascimento dele, pôde finalmente voltar para casa com o bebê. A criança estava internada na Santa Casa de Presidente Prudente.

Cristiane segurou Heitor pela primeira vez nos braços no último dia 12. O encontro com o filho foi registrado pela equipe do hospital.

No mesmo dia do encontro, a família voltou para casa completa. Além do caçula, Cristiane e o marido têm outros dois filhos, a Helena de 3 anos e o Henrique, de 1 ano e 8 meses, que também conheceram o irmãozinho junto com mãe no hospital.

Ainda se recuperando das sequelas da doença, Cristiane conta que todos estão se adaptando com a nova rotina de cuidados que o Heitor, que nasceu prematuro de 26 semanas, também precisa.

“Estamos em fase de adaptação ainda, mas estamos conseguindo aos poucos. É um trabalho em equipe. Eu, meu marido, minha mãe, meu pai e minha sogra. Porque além dele, tem eu que preciso de ajuda ainda, e meus outros dois filhos pequenos.”

Com apenas 30 dias de vida, o bebê precisou passar por uma cirurgia cardíaca e tem uma rotina de medicamentos, precisa fazer inalação e tem alimentação, ainda por sonda, toda regrada.

“Mas graças a Deus ele está respondendo super bem. Já acostumou com o colo porque estou aproveitando o tempo perdido”, conta a mãe.
Internação e parto
Cristiane descobriu que estava com Covid-19 quando estava com cinco meses de gestação. Além dela, o marido e os filhos também contraíram a doença, porém sem gravidade. A mãe precisou ser internada na Santa Casa de Assis e em poucos dias, o quadro se agravou, sendo necessária a intubação no dia 20 de março.

No dia seguinte, ela passou pela cesárea de emergência e por conta da gravidade da situação, o bebê precisou ser transferido para Santa Casa de Presidente Prudente, que fica cerca de 162 km de distância de Assis.

Ao todo foram 82 dias de internação, sendo 38 deles na UTI e 23 intubada. Cristiane só soube do nascimento do Heitor quando ele já tinha um mês de vida.

Cristiane e o filho Heitor continuam os cuidados em casa em Assis — Foto: Arquivo pessoal

“Quando comecei a acordar que fui informada que ele tinha nascido e já tinha 1 mês de vida. Não lembro direito. Eu voltei das medicações muito confusa e isso demorou uns dias ainda. Eu não tinha noção de tempo.”

Ela recebeu alta no dia 3 de maio, mas não pode conhecer o filho por causa da recuperação das sequelas da Covid-19.

“Eu não consegui ir vê-lo antes porque não tinha condições físicas para encarar a viagem de Assis até Prudente. Foi difícil, porém a equipe médica de Prudente sempre nos mandava notícias, fotos e vídeos. Estávamos sempre ‘caminhando’ juntos, como agora. Enquanto ele evoluía lá, eu evoluía em casa. Tive fé que Deus me traria ele quando fosse a hora certa.”

Agora, juntos em casa, mãe e filho ainda têm uma jornada para percorrer em busca da recuperação total, mas toda a família está otimista.

O Heitor testou negativo para Covid-19, mas teve complicações por ter nascido prematuro, além da cirurgia cardíaca.

“Meus movimentos ainda estão bem limitados e ando com a ajuda de andador, mas estou em recuperação. O Heitor toma os mesmos medicamentos que tomava no hospital e aos poucos a médica vai tirando. Ele faz fisioterapia respiratória, motora e acompanhamento com fono. Se Deus quiser o desenvolvimento dele será normal porque ele não tem nenhum comprometimento neurológico.”

Heitor em casa com os irmãos em Assis após ficar quase 5 meses internado — Foto: Arquivo pessoal

G1

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana