Paraguaçu Paulista antecipa vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades

O imunizante Pfizer só será liberado para os adolescentes com comorbidades ou deficiência permanente e gestantes, já que é o único aprovado pela Anvisa para esse público.

PARAGUAÇU PAULISTA-SP — Nesta sexta-feira, dia 20 de agosto, o município de Paraguaçu Paulista vai antecipar o calendário de vacinação contra o Coronavírus. A partir de agora, adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades ou deficiência permanente, gestante ou puérperas poderão receber a primeira dose do imunizante Pfizer em todas as Unidades de Saúde.

A orientação do Departamento de Saúde através da Vigilância em Saúde é de que os pais ou responsáveis entrem em contato com a sua Unidade para verificar o horário que cada uma fará a vacinação, já que por se tratar de frascos com várias doses, e que a durabilidade após aberto é de apenas 6 horas, o agendamento é necessário para que não haja perda de vacina.

A partir desse momento, o imunizante Pfizer só será liberado para os adolescentes com comorbidades ou deficiência permanente e gestantes, já que é o único aprovado pela Anvisa para esse público.

É indispensável que o adolescente esteja acompanhado de um responsável e que apresente a documentação atualizada que comprove as comorbidades além de documento CPF – preferencialmente – ou cartão SUS.

Relação de comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde:

• Obesidade
• Insuficiência cardíaca – IC
• Doenças Cardiovasculares
• Cor-pulmonale – alteração no ventrículo direito – e Hipertensão pulmonar
• Cardiopatia hipertensiva
• Síndromes coronarianas
• Valvopatias
• Miocardiopatias e Pericardiopatias
• Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
• Arritmias cardíacas
• Cardiopatias congênitas no adulto
• Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
• Diabetes mellitus
• Pneumopatias crônicas graves
• Hipertensão arterial resistente – HAR
• Hipertensão arterial – estágio 3
• Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
• Doença Cerebrovascular
• Doença renal crônica

VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM SAÚDE

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana