Polícia de Indaiatuba prende mulher que guardava cadáver de bebê no freezer

Suspeita alegou aos policiais que crianças nasceu morta, mas não explicou a razão pela qual manteve o corpo congelado. Inquérito foi aberto para investigar causa da morte.

INDAIATUBA, SP – A Polícia Civil de Indaiatuba (SP) prendeu nesta terça-feira (3) uma mulher de 30 anos por ocultação de cadáver. Ela mantinha o corpo de um bebê congelado no freezer de casa. Um inquérito foi instaurado para apurar a causa da morte da criança.

Os policiais chegaram até o local após informações recebidas pelo Setor de Investigações Gerais de que a filha da suspeita, de 10 anos, havia encontrado o corpo congelado.

Em nota, a Polícia Civil destaca que a mulher alegou que a criança havia nascido morta, mas não explicou por quais razões ocultou o corpo. A perícia foi acionada e o cadáver encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Campinas (SP).

A mulher foi autuada pelo crime de ocultação de cadáver e deverá ser apresentada em audiência de custódia nesta quarta-feira (4).

VEJA TAMBÉM

Mais acessadas da seamana