Polícia

Polícia prende empresários que faziam ‘gambiarra’ para furtar energia elétrica em Ourinhos

Empresários alteravam lacres dos medidores para diminuir conta de energia em até 50% há um ano.

G1 | Redação

Furto de energia foi constatado pela companhia de energia — Foto: TV TEM / Reprodução

OURINHOS-SP — Dois empresários foram presos nesta quinta-feira, dia 12, em Ourinhos-SP por furtar energia da rede elétrica. O furto acontecia há pelo menos um ano e o prejuízo foi de cerca de R$ 1 mil por mês na conta.

O flagrante foi feito por funcionários da concessionária de energia do estado. Eles constataram que os lacres nos medidores dos estabelecimentos comerciais estavam alterados. Com isso, a conta poderia ter uma redução de até 50% no valor.

Os empresários foram presos em flagrante e encaminhados para a cadeia pública de São Pedro do Turvo. A operação contra o furto de energia foi feita pela Central de Polícia Judiciária.

s investigações continuam e o delegado responsável pelo caso, Pedro Teles, explicou como funcionava o esquema de furto da energia.

“Eles usavam um tipo de jump, entradas trifásicas, dois fios são retirados e dá impressão que eles estão passando pelo aparelho, pelo medidor, mas eles não estão, ou só um está. Eles podem furtar 33% da energia, ou 66%. Os dois foram atuados pelo crime de furto qualificado através de rompimento de obstáculo, porque os lacres e próprio equipamento é rompido para que não haja a correta medição.”

Segundo a concessionária, no primeiro semestre foram realizadas mais de 340 inspeções de irregularidades na região e dessas 20 foram confirmadas.

A população pode denunciar esses casos, uma vez que os prejuízos causam reajustes nos valores da conta que são pagos por todos. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 0800-774-4286.

Comente

Outras Notícias

Veja Também