de Cândido Mota

Atletas de Cândido Mota representam Brasil em campeonato no Equador

Graziele Zarri e Bianca Vitória Esquerdo dos Santos representaram o Brasil na 33ª edição do Campeonato Sul-Americano de Cross Country, disputada em Guayaquil.

O Diário do Vale | Redação

As atletas de Cândido Mota, Graziele Zarri e Bianca Vitória Esquerdo dos Santos, representaram o Brasil na 33ª edição do Campeonato Sul-Americano de Cross Country, disputada no último sábado, dia 23, no Parque de Los Samanes, em Guayaquil, no Equador. Ambas iniciaram na equipe de atletismo do Centro Vocacional ‘Frei Paulino, e hoje integram a equipe da Fecam-PR e FAE Osasco-SP, respectivamente.

Atletas Bianca Vitória e Graziele Zarri

Grazi Zarri correu na categoria adulto, no percurso de 10 quilômetros, e terminou a prova no 14º lugar. “Mais uma vez pude estar compondo a Seleção Brasileira de Atletismo, entre as melhores da América do Sul, agora na categoria adulta. É uma gratidão enorme, na qual obtive muito aprendizado e vivenciei coisas inesquecíveis, compartilhando muita energia positiva com pessoas maravilhosas. Obrigado a todos pela torcida e apoio, familiares e amigos, técnico Cláudio pelo excelente trabalho, minha equipe Fecam pela parceria e Paulinho. Agradeço todo apoio da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt)”, agradeceu a cândido-motense.

Por sua vez, Bianca Vitória terminou em 7º lugar no individual da categoria sub20, percorrendo um percurso de 6 quilômetros. Na classificação por equipes, a seleção brasileira foi campeã por pontos e carimbou o passaporte para o Mundial de Cross Country, em Aarhus, na Dinamarca, em março. Compõem a equipe brasileira, além de Bianca, as atletas Jeovana Santos, Letícia Almeida Belo e Maria Lucineida Moreira.

Bianca Vitória está na equipe classificada para o mundial

“Esta conquista da Bianca para Cândido Mota tem uma importância enorme. Ela começou os treinamentos comigo aos 10 anos, na equipe do Centro Vocacional ‘Frei Paulino’ e representando Cândido Mota nas competições com 5 títulos brasileiros, e duas vezes campeã. Uma atleta que serve de exemplo para muitas das nossas crianças que treinam e tem sonhos”, falou com orgulho o técnico de atletismo João Nicolau dos Santos, o ‘Pinguinha’.

Ele destacou que: “A Bianca representa a equipe de Osasco, e já tivemos sete atletas participando do Clube Atlético Pinheiros em São Paulo. Isto só foi possível graças o olhar diferenciado do prefeito Roberto Bueno na gestão passada, quando federou os atletas e proporcionou participações em campeonatos de ponta e com grande visibilidade e mostrou nossos atletas para grandes clubes do Brasil”.

A atleta Bianca, nas redes sociais, disse: “Quero agradecer a Cândido Mota, que foi de onde vim e fui treinada pela Pinguinha, a equipe de Osasco por me acolher na equipe, o Claudio Castilho por me treinar e estar fazendo um ótimo trabalho, e também a Confederação Brasileira de Atletismo por proporcionar essa oportunidade e satisfação. Nos consagramos campeãs sul-americanas e iremos vestir a camisa do Brasil novamente no mundial na Dinamarca em Aarhurs. Obrigada a todos! Deus é bom o tempo todo, o tempo todo Deus é bom”, disse a atleta, que completou: “Com minha experiência, aconselho essa nova geração a nunca desistir de seus sonhos, pois como aprendi no início da minha carreira, tudo pode ser realizado desde que se acredite. E não importa se alguém disser que você não tem talento, pois eu posso dizer que estou vencendo pela dedicação e esforço. Como meu técnico auxiliar Erivaldo Cardin dizia, ‘Eu quero, eu posso, eu consigo’. Um atleta é construído aos poucos, como uma pedra preciosa sendo lapidada. Acredito que de Cândido Mota sairá grandes atletas. E deixo minha gratidão a todos dessa cidade e me sinto orgulhosa por representar cada um de vocês”.

A mãe e grande incentivadora, Ivone Esquerdo, disse: “Quero ver mais crianças com direito de sonhar. É um orgulho muito grande ver onde minha filha está. Quantas lágrimas, dor muscular, espinhos, mas com Deus a nosso favor nada fica na frente de gente que luta e tem fé como eu e minha pequena”.

Roberto Bueno parabenizou a atleta e disse: “este resultado é de uma satisfação enorme. Me lembro da Bianca, acompanhada de outros atletas, de sua mãe Ivone Esquerdo e do técnico Pinguinha no gabinete anos atrás, uma garotinha que corria em nossa cidade e hoje correndo nas pistas de vários países. E agora se preparando para um mundial! Isto serve como exemplo e mostra o quanto é importante apoiar as escolinhas de esporte do município. Parabéns, Bianca, por levar o nome da nossa cidade com esta alegria e satisfação. Que Deus te abençoe e que seus esforços sejam sempre recompensados”.

A equipe brasileira viaja com recursos do Programa de Apoio às Seleções Brasileiras da Caixa, patrocinadora oficial do Atletismo Brasileiro.

Atletas de Cândido Mota representam Brasil em campeonato no Equador

Comente

Veja Tambm