Preso na semana passada, jovem é reconhecido em roubo nesta terça-feira

Preso no último dia 12, o acusado foi liberado durante audiência de custódia.

Preso na semana passada, jovem é reconhecido em roubo nesta terça-feira

Preso na semana passada, jovem é reconhecido em roubo nesta terça-feira — Foto: Divulgação

CÂNDIDO MOTA-SP — A Polícia Militar prendeu no último dia 12, um jovem acusado de ter praticado roubo em uma residência no jardim Bela Vista, em Cândido Mota. Ao passar por audiência de custódia no Fórum de Cândido Mota, ele foi liberado pela Justiça. Exatamente uma semana depois, nesta terça-feira, dia 19, o indivíduo foi reconhecido pela vítima, em novo roubo a residência, desta vez na vila Dias.

Uma equipe da Polícia Militar realizava policiamento ostensivo preventivo, quando foi acionada via Copom, para atender ocorrência de roubo a residência, por volta das 20h27. A vítima contou aos policiais que estava sentada no sofá da área na casa, quando chegaram três indivíduos de cor branca, e entraram pela porta do estabelecimento comercial, que fica na frente da residência.

Ainda segundo a vítima, um dos bandidos estava armado, aparentando ser uma pistola cromada, quando anunciou o roubo. Ele segurou a vítima pelo braço, enquanto o outro indivíduo pegou a carteira da filha da vítima de dentro da bolsa que estava em cima do freezer. Após a ação, o trio fugiu sentido a linha férrea, próximo ao clube da Terceira Idade.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima deste roubo reconheceu por foto um dos indivíduos que teria praticado o crime. Ele seria o acusado do roubo a uma residência no jardim Bela Vista, no último dia 12. Na ocasião, o jovem de 21 anos pulou o muro da residência e rendeu três senhoras com uma faca, e fugiu levando um aparelho celular e R$ 200,00 em dinheiro. Com informações das características, foram mostradas algumas fotos, e as vítimas reconheceram o suspeito sem nenhuma dúvida.

Na oportunidade, a Polícia Militar efetuou diligências e localizou o suspeito na vila São Judas. Os policiais apreenderam ainda as roupas que foram utilizadas pelo acusado no crime, e que também foram reconhecidas pelas vítimas, naquela ocasião.

Na data, o jovem chegou a ser conduzido à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Assis, onde ficou preso e passou por audiência de custódia no outro dia, onde teve a prisão em flagrante relaxada, e foi liberado.

Mais acessadas da seamana