Polícia

Polícia prende suspeito de matar a mulher a facadas na frente do filho

Vítima de 40 anos foi ferida dentro de casa durante briga em Pirajuí-SP; companheiro de 36 anos tem passagens na polícia por homicídio e tráfico de drogas.

G1 | Redação
Alessandra Florino foi morta com golpes de faca em Pirajuí — Foto: Reprodução/Facebook

Alessandra Florino foi morta com golpes de faca em Pirajuí — Foto: Reprodução/Facebook

PIRAJUÍ-SP — A polícia prendeu, na manhã desta segunda-feira, dia 25, o suspeito de matar a mulher a facadas na frente do filho dela, dentro de casa em Pirajuí-SP.

Alex Aparecido Cardoso, de 36 anos, foi encontrado pela polícia chegando em casa, na Vila Esperança, e confessou o crime. O suspeito estava com a prisão temporária decretada.

Segundo a polícia, ele estava escondido e tinha voltado para casa para tomar banho e pegar alguns objetos pessoais. A faca utilizada também foi encontrada pela Polícia Civil, enquanto eles refaziam o trajeto do criminoso.

Faca utilizada também foi encontrada pela Polícia Civil, enquanto eles refaziam o trajeto do criminoso em Pirajuí — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Faca utilizada também foi encontrada pela Polícia Civil, enquanto eles refaziam o trajeto do criminoso em Pirajuí — Foto: Polícia Militar/Divulgação

O crime aconteceu na madrugada de domingo (24). A polícia foi acionada para atender uma ocorrência de desentendimento entre casal na Rua Luiz Wolf e, quando os PMs chegaram no local, encontraram a vítima Alessandra Florino, de 40 anos, morta em um quarto da casa e diversas manchas de sangue pela cama.

No imóvel, estava o filho da mulher, de 13 anos, que contou que a mãe começou a brigar com o companheiro.

Durante a discussão, segundo o adolescente relatou à polícia, ela pegou uma faca e o homem uma cadeira. Contudo, o suspeito conseguiu pegar a faca dela e a agrediu com diversos golpes. Na sequência, ele fugiu do local.

Além do adolescente, uma bebê de 6 meses também estava na casa no momento do crime. Ainda segundo a polícia, os filhos de Alessandra foram entregues ao Conselho Tutelar.

Segundo a Polícia Civil, Alex Aparecido Cardoso também tem passagens pela polícia por tráfico de drogas em homicídio. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas em 2013, em Boa Esperança do Sul (SP), e por homicídio, no mesmo ano, em Guaratinguetá (SP).

O caso foi registrado como homicídio com qualificadora de feminicídio e Alex segue preso na cadeia de Pirajuí.

Alex Aparecido Cardoso, de 36 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (25) em Pirajuí — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Alex Aparecido Cardoso, de 36 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (25) em Pirajuí — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Comente

Outras Notícias

Veja Também