Regional

Cândido-motense é ‘prata’ na Olimpíada da Língua Portuguesa

Vitória Vieira Pereira de Jesus teve como orientador o professor de Literatura, Gramática e Redação, Alexandre Marroni.

Assis Notícias | Redação
Cândido-motense é ‘prata’ na Olimpíada da Língua Portuguesa

Cândido-motense é ‘prata’ na Olimpíada da Língua Portuguesa

CÂNDIDO MOTA-SP — A estudante Vitória Vieira Pereira de Jesus, aluna da Etec ‘Professor Luiz Pires Barbosa’, obteve a medalha de prata representando Cândido Mota na final da Olimpíada da Língua Portuguesa, que aconteceu nesta segunda-feira, dia 9, em São Paulo. O texto ‘Os fins não podem justificar os meios’ composto por Vitória, com orientação do professor de Literatura, Gramática e Redação, Alexandre Marroni, acabou entre os 20 melhores do Brasil.

“Foi uma experiência única participar da Olimpíada de Língua Portuguesa. Tanto eu quanto a Vitória vivemos momentos incríveis que ficarão guardados em nossa memória para o resto da vida. Não conseguimos conquistar o tão desejado ouro, mas a conquista da prata é motivo de muita alegria e orgulho, afinal, ficamos entre os 20 melhores textos do Brasil”, disse o professor Alexandre Marroni em seu perfil do Facebook.

E prosseguiu: “Foi um grande prazer representar a cidade de Cândido Mota e a Etec ‘Prof. Luiz Pires Barbosa’ nessa competição tão acirrada, que certamente nos trouxe muito conhecimento e experiência. Sem dúvidas, na próxima edição estaremos ainda mais fortes para continuar elevando o nome de nossa cidade e da Etec”.

O evento escolheu os quatro melhores trabalhos. Os medalhistas de ouro ganharam viagens, enquanto o professor ganhou uma viagem internacional para o destino que escolher. Já o aluno ganhou uma viagem nacional também para o local de sua preferência.

O professor Alexandre Marroni ressaltou que o tema abordado pela aluna Vitória Vieira é de grande relevância para todo o país, pois trata da liberação do uso de novos agrotóxicos, uma questão ambiental e de saúde pública. “A Vitória se declarou contra a liberação de novos agrotóxicos, pois falta fiscalização. Ela entende a importância do uso dos agrotóxicos nas plantações, pois colabora para o progresso do país, mas ressalta todos os malefícios que novos agrotóxicos podem causar ao meio ambiente e à saúde da população”, conclui o professor. O texto da cândido-motense foi um dos dezesseis do Estado classificados para a final.

Cândido-motense é ‘prata’ na Olimpíada da Língua Portuguesa

Cândido-motense é ‘prata’ na Olimpíada da Língua Portuguesa

6ª edição
A 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa recebeu 17.997 inscrições de São Paulo. Além da rede estadual de ensino, o Programa teve adesão das secretarias de educação de 508 municípios, totalizando 4.614 escolas. No Brasil, foram 171.035 inscrições nas cinco categorias por gênero textual, com adesão de todos os estados e de 4.876 municípios (87,5% do total), alcançando 42.086 escolas.

Comente

Outras Notícias

Veja Também