Polícia

Padre ajudou a socorrer garoto que morreu com queda de parte de árvore: ‘Galho estava em cima do menino’

Galho caiu próximo a pista de skate onde o menino de 14 anos estava em Quintana-SP. Moradores disseram que havia cupim, mas a prefeitura descartou essa causa e vai avaliar a necessidade de retirada.

G1 | Redação
Segundo moradores, árvore tinha cupins em Quintana — Foto: Cláudio Farneres / TV TEM

Segundo moradores, árvore tinha cupins em Quintana — Foto: Cláudio Farneres / TV TEM

Um padre que ajudou no socorro do menino de 14 anos que morreu após ser atingido pelo galho de uma árvore em Quintana-SP, na quarta-feira, dia 25, disse que ouviu um barulho e achou que fosse um acidente de trânsito.

“Foi tudo muito rápido, eu estava no fundo da casa paroquial e ouvi o barulho. Em um primeiro momento achei que era um acidente de carro. O pessoal da praça correu para pista de skate e quando chegamos lá vimos que o galho, um galho considerável de tamanho, estava em cima do menino. Muito triste”, conta o padre Edson de Oliveira Lima.

Adolescente andava de skate quando foi atingido pelo galho em Quintana — Foto: Facebook/ reprodução

Adolescente andava de skate quando foi atingido pelo galho em Quintana — Foto: Facebook/ reprodução

O padre conta que alguns moradores ajudaram no socorro de Danilo Andrade. “Nós afastamos o aglomerado de pessoas, claro todas tentando ajudar, mas os sinais vitais do menino já estavam bem baixos.”

Nesta quinta-feira (26) de manhã, a parte da árvore que se desprendeu ainda estava no meio da praça da Igreja da Matriz. Segundo testemunhas, Danilo Andrade estava no local onde funciona uma pista de skate conversando com os amigos quando foi atingido.

Padre ajudou no socorro do menino em Quintana — Foto: TV TEM / Reprodução

Padre ajudou no socorro do menino em Quintana — Foto: TV TEM / Reprodução

Os outros meninos conseguiram correr, mas Danilo acabou atingido pelo galho. O adolescente foi encaminhado para a Santa Casa de Pompeia, município vizinho de Quintana, mas não resistiu e morreu no hospital.

As causas do acidente ainda vão ser investigadas. O prefeito de Quintana confirmou que as árvores da praça da Igreja Matriz são antigas. Algumas têm mais de 60 anos, mas segundo o prefeito, todas passam por uma vistoria a cada três meses.

“Nós já vimos que não tem cupim na árvore, na parte que estava no chão vimos algumas abelhas, mas sem cupim, então estamos analisando o que pode ter acontecido, porque os troncos estão firmes. Algo aconteceu que o galho se desprendeu, talvez tenha apodrecido na parte de cima por conta de infiltração de água, mas vamos ter que avaliar, até se será necessário a retirada de todas as árvores”, afirma o prefeito José Nilton dos Santos.

Não houve outras pessoas feridas na queda de parte da árvore. O corpo de Danilo foi velado e enterrado na tarde desta quinta-feira.

Comente

Outras Notícias

Veja Também