Justiça decreta internação de casal de adolescentes por depredação de túmulos no Cemitério Municipal de Osvaldo Cruz

Rapaz e moça, ambos de 17 anos, confessaram os atos de vandalismo e foram apreendidos nesta segunda-feira (14) pela Polícia Civil.

OSVALDO CRUZ, SP – A Polícia Civil apreendeu nesta segunda-feira (14) um casal de adolescentes, ambos de 17 anos, que confessaram ter danificado dez túmulos no Cemitério Municipal de Osvaldo Cruz.

Os agentes deram cumprimento ao mandado de internação provisória pelo prazo de 45 dias expedido pela Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Osvaldo Cruz contra os envolvidos.

O rapaz será encaminhado à Cadeia de Adamantina, enquanto a moça irá para a Cadeia de Dracena, locais onde deverão permanecer por até cinco dias no aguardo da indicação da unidade onde cumprirão o período de internação.

Segundo a polícia, os danos ocorreram no início deste ano e resultaram na quebra de lápides, fotografias e arranjos.

As investigações levaram à identificação do casal de adolescentes como autores dos atos.

Segundo a polícia, quando questionados sobre o ocorrido, os jovens não expuseram motivação específica para o cometimento dos atos, mas confessaram serem os autores e contaram em detalhes como agiram.

Após a identificação da autoria, o caso foi encaminhado para o Ministério Público e houve a instauração de um procedimento próprio junto à Vara da Infância e da Juventude, que resultou na expedição do mandado de internação provisória contra os adolescentes.

Atos de vandalismo danificaram túmulos no Cemitério de Osvaldo Cruz (Foto: Reprodução/TV Fronteira)
Atos de vandalismo danificaram túmulos no Cemitério de Osvaldo Cruz (Foto: Reprodução/TV Fronteira)

VEJA TAMBÉM

Mais acessadas da seamana