Polícia

Homem não aceita separação, mata sogro e comete suicídio na região

Marília Notícia | Redação

REGIÃO — O trabalhador rural Geraldo do Carmo, 54 anos, foi morto com uma facada no peito na tarde deste domingo (24), em Espírito Santo do Turvo-SP (distante cerca de 124 quilômetros de Assis).

Poucas horas após cometer o crime, o genro da vítima, Jesoel Pereira dos Reis, 32, cometeu suicídio com um tiro de calibre 12 na cabeça. O episódio chocou a população da cidade e região.

No assassinato de Geraldo do Carmo, os policiais militares chegaram ao endereço e foram informados que o genro não aceitava a separação do casal.

A filha do trabalhador alegou que Jesoel Reis tentou atacá-la com uma faca, mas o pai entrou na frente e foi atingido no peito. Ele não resistiu ao ferimento e morreu no local.

Suicídio

As equipes da Polícia Militar realizaram diligências, mas Jesoel não foi localizado na cidade.

Logo pela manhã foi registrado um novo chamado à polícia, sobre um corpo localizado em uma estrada rural próximo à propriedade onde ocorreu o assassinato de Geraldo.

Os militares constataram que se tratava do corpo de Jesoel. Ele cometeu suicídio com uma espingarda, provavelmente ainda durante a madrugada.

Comente

Veja Também