Polícia

Cândido-motense morre após ser agredido em Assis


Luiz Carlos da Silva Lima, de 36 anos, morreu horas depois de ser encontrado gravemente ferido em uma estrada rural.

O Diário do Vale | Redação

Cândido-motense morre após ser agredido em Assis

ASSIS-SP — O cândido-motense Luiz Carlos da Silva Lima, de 36 anos, morreu horas depois de ser encontrado gravemente ferido em uma estrada rural na cidade de Assis-SP, no início da noite de domingo, dia 24.

De acordo com informações, Luiz, que é servente de pedreiro, foi encontrado na rua José Paes Maldonado. Ele foi socorrido pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros ainda consciente, e teria dito que quatro homens o agrediram. A Polícia Civil está investigando o caso.

O cândido-motense ficou internado por algumas horas no Núcleo de Atendimento Referenciado — NAR — do Hospital Regional de Assis, mas não resistiu aos ferimentos.

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal — IML, onde passou por exames, antes de ser liberado para o velório, que acontece na Igreja Assembleia Belém do Pará, na Vila São Judas Tadeu, em Cândido Mota-SP.

O sepultamento está previsto para às 16h desta terça-feira, dia 26, no cemitério municipal de Cândido Mota.
Luiz Carlos deixa esposa e duas filhas.

Comente

Veja Também