Polícia

Assassino de Emanuelle se mata dentro de CDP de Cerqueira César

De acordo com o Boletim de Ocorrência, Aguinaldo Assunção foi encontrado enforcado na cela, onde estava sozinho.

Assis Notícias | Redação

Assassino de Emanuelle se mata dentro de CDP de Cerqueira César

CHAVANTES-SP — Segundo informações divulgadas pela polícia na manhã desta quarta-feira, dia 15, o lavrador Aguinaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, tirou a própria vida após ser detido pelo assassinato da menina Emanuelle, de oito anos, em Chavantes-SP.

Após audiência de custódia, o homem foi transferido para Centro de Detenção Provisória de Cerqueira César, onde por volta das 5h da manhã foi encontrado enforcado com lençóis, na cela, em que estava sozinho, por motivo de segurança.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, registrado na delegacia de Polícia de Cerqueira César.

“Comparece neste plantão policial, a funcionário do Centro de Detenção Provisória desta cidade comunicando que na data de hoje ao fazer o procedimento de contagem dos presos por volta das 05h00min verificou na cela onde estava o preso Aguinaldo Guilherme Assunção (matricula 1.194.291), que o mesmo utilizando um lençol amarrando na ventana e em seu pescoço acabou se enforcando, sendo constatado que o mesmo estava em óbito pelo funcionário da enfermaria, o preso estava sozinho na cela; informa que o preso deu entrada na data de ontem durante o dia oriunda da cidade de Ourinhos-SP”.

Caso
O corpo de Emanuelle Pestana de Castro foi encontrado na noite de segunda-feira (13) em uma área de mata na Fazenda Santana Nova, em Chavantes/SP, depois que Aguinaldo Guilherme Assunção, 49 anos, confessou que matou a menina e apontou o local do corpo.

Segundo o delegado Antônio José Fernandes Vieira, Agnaldo já havia sido condenado e cumpriu pena em 1988 por ter assassinado o irmão.

“Ele tem uma condenação anterior, totalmente cumprida, do ano de 1988, por homicídio. Em uma briga de família ele assassinou o irmão”, afirma o delegado.

Comente

Outras Notícias

Veja Também