Polícia

Operação lacra posto de combustíveis por suspeita de venda de produto adulterado em Marília

Local que foi alvo da operação fica na Avenida Tiradentes, área nobre. Dono do estabelecimento não foi localizado para falar sobre a ação do Procon, Polícia Civil e Ipem.

Assis Notícias | Redação
Operação do Procon, Polícia Civil e Ipem lacrou bombas de combustíveis de posto na Avenida Tiradentes — Foto: Reprodução/ TV TEM

Operação do Procon, Polícia Civil e Ipem lacrou bombas de combustíveis de posto na Avenida Tiradentes — Foto: Reprodução/ TV TEM

MARÍLIA-SP — Um posto de combustíveis de Marília-SP teve as bombas de gasolina e etanol lacradas por suspeita de adulteração e fraudes na medição dos litros. A operação conjunta do Procon, Polícia Civil e Ipem foi realizada depois que consumidores denunciaram a má qualidade dos combustíveis vendidos no local.

O posto que foi alvo da operação fica na Avenida Tiradentes, área nobre de Marília. As bombas com irregularidades já foram lacradas pelo Ipem. O Procon passou a desconfiar do posto depois de receber denúncias de vários consumidores que relataram problemas nos veículos ao de abastecer no local.

As amostras de etanol e gasolina agora serão analisadas para saber quais produtos foram adicionados aos combustíveis.

Além disso, o dono do posto, que não estava no local durante a operação, já havia sido notificado semana passada por propaganda enganosa, já que estampa a bandeira de uma empresa da qual não é fornecedor.

A Polícia Civil também abriu um inquérito para investigar esses crimes contra o consumidor.

Bombas foram lacradas durante a operação em Marília — Foto: TV TEM / Reprodução

Bombas foram lacradas durante a operação em Marília — Foto: TV TEM / Reprodução

Comente

Outras Notícias

Veja Também