Saúde e Bem estar

Região tem paciente vindo da China com suspeita de coronavírus

Jovem é modelo voltou da China há 14 dias.

Marília Notícia | Redação

BAURU-SP — A assessoria de imprensa do Hospital Unimed Bauru-SP confirmou o atendimento a um paciente que voltou da China em janeiro e agora está com suspeita de ter sido contagiado com o coronavírus.

Em nota oficial a unidade de saúde diz que “visando afastar equívocos e desencontros de informações, esclarece que houve atendimento nesta data [segunda-feira, dia 3] de um paciente que há 14 dias retornou da China, agora apresentando quadro gripal”.

O comunicado informa ainda que “todos os protocolos da OMS/MS foram seguidos, inclusive obrigações de caráter epidemiológico e, em cumprimento a tais protocolos e diante do quadro clínico do paciente, no momento não há confirmação diagnóstica. Desta forma, não houve indicação médica, de acordo com a OMS, para internação hospitalar”.

O site questionou o Hospital Unimed Bauru e o Ministério da Saúde sobre o motivo da liberação do paciente, mesmo em situação de suspeita da doença. No entanto, não houve retorno até a publicação desta matéria.

Coronavírus

De acordo com o jornal Estado de São Paulo, na China, onde o vírus foi registrado pela primeira vez em dezembro, o surto causou 426 mortes e mais de 20 mil casos. Ao menos 24 países já reportaram infectados.

Por enquanto, no Brasil o Ministério da Saúde monitora 14 casos suspeitos, em quatro Estados, mas não houve confirmação da doença no País.

Mesmo sem caso do novo coronavírus confirmado no Brasil, o governo Jair Bolsonaro reconheceu “emergência de saúde pública em território nacional” por causa do avanço da doença, elevando o grau de risco ao nível 3, o mais alto na escala. O anúncio foi feito nos últimos dias pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Comente

Outras Notícias

Veja Também