Morre motorista que ficou quase 12h preso às ferragens após carro cair em bambuzal

Vítima de 43 anos morreu neste domingo (14), dois dias depois de ter alta. Corpo foi enterrado nesta segunda-feira (15), após passar pelo IML.

Carro ficou preso em bambuzal na rodovia entre Paraguaçu Paulista e Borá — Foto: I7 Notícias/Divulgação

Carro ficou preso em bambuzal na rodovia entre Paraguaçu Paulista e Borá — Foto: I7 Notícias/Divulgação

PARAGUAÇU PAULISTA-SP — O motorista que foi resgatado após ficar quase 12 horas preso às ferragens após seu carro cair em um bambuzal na região de Paraguaçu Paulista-SP morreu neste domingo, dia 14, pouco mais de duas semanas após o acidente e dois dias depois de receber alta de um hospital em Marília-SP.

Na madrugada do último dia 1º de junho, Leandro de Paula, de 43 anos, sofreu o acidente às margens da Rodovia Vereador José Berto, entre Paraguaçu e Borá. Segundo a polícia, ele perdeu o controle do veículo, saiu da pista e caiu em uma ribanceira, mas o carro ficou preso em meio aos bambus.

Imagens mostraram o resgate feito pelos bombeiros, que precisaram usar uma escada e cordas para tirar o motorista que estava entre as ferragens.

Após ser socorrido e levado para o pronto-socorro da Santa Casa de Paraguaçu Paulista, a vítima foi encaminhada para a Santa Casa de Marília, onde permaneceu internada do dia 2 até a última sexta-feira, dia 12, quando recebeu alta após passar por cirurgia na coluna.

No último domingo à tarde, Leandro de Paula passou mal e foi levado para a Santa Casa de Paraguaçu Paulista, onde já chegou em parada cardiorrespiratória.

Segundo o hospital, foram feitas tentativas de reanimação, mas ele não resistiu. Seu corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Assis e enterrado no início da tarde desta segunda-feira (15), no Cemitério Municipal de Paraguaçu Paulista.

Motorista de 43 anos foi resgatado pelos bombeiros após quase 12h (paraguaçu paulista e borá) — Foto: TV TEM/ Reprodução
Motorista de 43 anos foi resgatado pelos bombeiros após quase 12h (paraguaçu paulista e borá) — Foto: TV TEM/ Reprodução

VEJA TAMBÉM

Mais acessadas da seamana