Em Lençóis Paulista

Grupo é multado em R$ 1,8 milhão por manter 150 galos de rinha em situação de maus-tratos

Polícia Ambiental autuou em R$ 450 mil cada um dos quatro suspeitos de manter as aves em situação precária em Lençóis Paulista. Também foram foram apreendidos materiais usados para promover rinhas.

Do G1

LENÇÓIS PAULISTA, SP – A Polícia Ambiental apreendeu 150 galos em uma chácara em Lençóis Paulista (SP), nesta quinta-feira (3). Quatro suspeitos de manterem as aves em situação de maus-tratos foram multados em R$ 1,8 milhão.

Os policiais localizaram as aves em uma chácara no Bairro Corvo Branco. Os animais estavam confinados em espaços restritos, com as esporas serradas, sem água e sem alimentação.

Além dos galos, os policiais ainda encontraram esporas plásticas, serras, biqueiras, buchas e cercos, material normalmente utilizados para rinhas (briga) de galo, atividade considerada ilegal.

Policiais apreenderam também farto material que indica a utilização dos galos na atividade de rinhas (brigas) (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

Quatros homens estavam no local e se identificaram como proprietários dos animais. De acordo com a polícia, eles negaram que as aves fossem submetidas a rinhas.

Os suspeitos foram levados à delegacia da cidade, onde foram autuados em flagrante pelo crime ambiental de maus-tratos. Cada um recebeu uma multa pela infração ambiental no valor de R$ 450 mil.

Os animais ficarão no local onde foram encontrados enquanto são monitorados por agentes da Coordenaria de Proteção Animal de Lençóis Paulista até que sejam encaminhados para adoção.

Quantidade de animais em situação de maus-tratos surpreendeu os policiais (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

Comente

Outras Notícias

Veja Também