Rodovia SP-284, que liga Assis a Martinópolis, é recuperada

Obras no pavimento e manutenção da faixa de domínio compõem cronograma da Eixo SP.

De Assis a Martinópolis, SP 284 é recuperada — Foto: Divulgação

De Assis a Martinópolis, SP 284 é recuperada — Foto: Divulgação

ASSIS-SP — Em uma extensão de mais de 100 quilômetros, que integra cinco municípios, a SP-284 — Homero Severo Lins, Manílio Gobbi e José Gagliardi, recebe diariamente, desde 4 de junho, serviços de frentes de trabalho da Eixo-SP Concessionária de Rodovias com o objetivo de revitalizar uma das vias mais importantes para o escoamento da produção industrial e agrícola no Centro-Oeste Paulista. Até domingo, dia 23, equipes de obras e de conservação cumprem a um cronograma de intervenções para a manutenção da via.

Nos municípios de João Ramalho e Rancharia (Homero Severo Lins), a fresagem e recomposição – retirada de camada de pavimento deteriorada e substituição da capa asfáltica, será executada até sábado, 22, entre os quilômetros 505 e 520. Por toda a SP 284, a operação tapa-buraco – reparos emergenciais em pontos previamente mapeados, ocorre ao longo da malha nos municípios de Assis, Paraguaçu Paulista, Quatá, João Ramalho, Rancharia e Martinópolis.

Prosseguem na rodovia os trabalhos de recuperação e manutenção do sistema de drenagem, canaletas de escoamento que impedem a formação de espelhos d’água na pista. As juntas de dilatação de pontes e viadutos, manutenção rotineira, também mobilizam equipes na SP-284.

Além das obras no pavimento, a revitalização da faixa de domínio é o foco das equipes de conservação que atuam até sexta-feira, 21, em diferentes pontos da rodovia. Entre os serviços previstos no cronograma estão instalação de placas de sinalização, roçada da vegetação e poda de galhos.

Em caso de chuva, os serviços serão reprogramados. A Eixo SP ressalta que diversos pontos sofrerão alterações na dinâmica de tráfego, com estreitamento de pista ou Operação Pare e Siga – circulação de veículos nos dois sentidos em uma faixa, alternadamente.

“A Eixo SP coloca em prática um plano de ação que tem duração de 24 meses. Os investimentos, nesta fase inicial, irão conferir uma malha rodoviária segura e moderna neste trecho, essencial para o transporte no interior paulista”, afirma José Geraldo de Andrade, superintendente de Obras da Eixo SP.

VEJA TAMBÉM

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana