Polícia recupera gado furtado e prende suspeito em fazenda de Quatá

No total, oito cabeças foram recuperadas na propriedade administrada pelo homem de 43 anos. Ele foi indiciado por receptação qualificada.

Fazenda na cidade de Quatá foi um dos alvos da investigação das DIGs de Jales e de Tupã — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Fazenda na cidade de Quatá foi um dos alvos da investigação das DIGs de Jales e de Tupã — Foto: Polícia Civil/Divulgação

QUATÁ-SP — A Polícia Civil prendeu na tarde desta quarta-feira, dia 26, em uma fazenda localizada na zona rural de Quatá, um homem de 43 anos identificado como suspeito de envolvimento no furto de gado.

Segundo a polícia, o crime teria acontecido numa propriedade da cidade de Santo Antônio do Aracanguá.

Em ação conjunta das DIG — Delegacias de Investigações Gerais, de Jales e de Tupã, os dados do suspeito foram encontrados dentro de um caminhão que foi interceptado transportando o gado.

Ele foi identificado e os policiais civis, com apoio da Polícia Ambiental, mapearam quatro propriedades usadas pelo suspeito.

De posse de mandado de busca e apreensão, foram encontrados, nas propriedades administradas pelo suspeito, dois bezerros e três cabeças de gado adulto. Os animais ostentavam as marcas de origem, mas com marcação sobreposta para dificultar a identificação.

Além disso, mais três cabeças de gado furtadas de outra vítima também foram recuperadas. O homem foi preso em flagrante pela prática do crime de receptação qualificada e ficará detido à espera da audiência de custódia.

VEJA TAMBÉM

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana