Polícia

PM prende motorista de Uber e mulher com droga na vagina

Marília Notícia | Redação
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

MARÍLIA-SP — O motorista Wellington Rodrigues dos Santos, de 26 anos, e a desempregada Adriana Ribeiro da Silva, 44, foram presos por tráfico de drogas na madrugada deste domingo, dia 30, no Parque das Indústrias, zona Leste de Marília.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, por volta de 4h40 policiais militares realizavam patrulhamento na avenida Carlos Artêncio quando avistaram um veículo parado próximo a Rodoviária, com duas pessoas em atitude suspeita.

Foi realizada a abordagem e os militares localizaram no console do carro um celular e sete comprimidos de ecstasy.

Wellington informou que era proprietário da droga e do celular, disse ainda que é motorista de Uber e que tinha recebido uma ligação de uma pessoa desconhecida para ir até a rodoviária e transportar uma mulher que estaria com drogas até a favela da Vila Barros onde receberia dinheiro pela corrida.

Segundo ele, assim que a mulher entrou no carro teria tirado droga da vagina e em seguida foram abordados pelos policiais. Na carteira dele foi encontrado R$ 249.

Já Adriana alegou que era moradora de São Paulo e no sábado, dia 29, recebeu ligação de uma pessoa desconhecida para trazer droga até Marília onde haveria um veículo lhe esperando e a transportaria até a Vila Barros para entregar o entorpecente para outra pessoa.

Na bolsa dela havia R$ 430, dois celulares e um tijolo de pasta base de cocaína. Dentro do sutiã ela tinha mais R$ 600. Introduzidas na vagina havia duas pedras de crack que foram retiradas por ela e entregue aos militares.

Os dois foram presos e encaminhados a Central de Polícia Judiciária (CPJ). Ambos seriam apresentados em audiência de custódia. Wellington poderia ser recolhido a Penitenciária de Marília, já Adriana poderia ser levada a Cadeia de Pirajuí.

Foto: Divulgação'

Foto: Divulgação

Comente

Veja Também