Após perseguição e tiroteio com a PM, três jovens são detidos e veículo é apreendido em Ourinhos

Carro perseguido, que era alugado, foi apreendido e depois devolvido à locadora; ninguém se feriu — Foto: Alexandre Mansinho/Passando a Régua

OURINHOS-SP — Uma perseguição alucinante com direito a disparos de arma de fogo, feitos pela Polícia Militar, tirou o sono de muitos moradores de Ourinhos, na madrugada desta quarta-feira, dia 2.

A delegada de plantão na CPJ — Central de Polícia Judiciária de Ourinhos, Renata Barrionuevo Ruiz de Oliveira, contou que a perseguição se iniciou por volta das 2h nas proximidades do Cemitério Municipal de Ourinhos, na Vila Marcante, quando policiais militares em patrulhamento deram sinal de parada, luminoso e sonoro, para um veículo Fiat/Uno, com placas de Ourinhos, com três ocupantes, que não obedeceram e empreenderam fuga. A perseguição teria durado mais de 20 minutos e ganhou praticamente toda a cidade, com a participação de várias viaturas policiais, que realizaram diversos cercos.

Ainda segundo a delegada, os policiais militares, acreditando que os ocupantes do veículo estariam armados, atiraram em direção ao carro em duas oportunidades, porém, em nenhuma das tentativas o veículo teria sido atingido e ninguém ficou ferido. Um vídeo feito por um morador mostra o momento em que, na Rua Cambará, na Vila São José, um disparo é feito. Assista o vídeo abaixo

Carro perseguido, que era alugado, foi apreendido e depois devolvido à locadora; ninguém se feriu — Foto: Alexandre Mansinho/Passando a Régua
Carro perseguido, que era alugado, foi apreendido e depois devolvido à locadora; ninguém se feriu — Foto: Alexandre Mansinho/Passando a Régua

A perseguição só chegou ao fim quando, já na rodovia, o Fiat/Uno sofreu uma pane e todos os ocupantes foram detidos e encaminhados à CPJ. No carro os policiais encontraram 47 pinos contendo uma substância branca, aparentando ser cocaína. Foi realizado o exame pericial no material, porém foi descartado ser substância entorpecente. A Polícia Civil de Ourinhos vai encaminhar o material ao IC (Instituto de Criminalística de Marília) para realização de contraprova.

Os jovens, que seriam moradores da Cohab em Ourinhos, negaram que os pinos são de propriedade deles e alegam que alguém teria colocado os supostos entorpecentes no carro para tentar incriminá-los. Com um dos indivíduos foi localizada uma porção de maconha, a qual o jovem alegou ser para o seu consumo próprio.

Com relação ao motivo da fuga, o condutor disse que fugiu porque não possui habilitação para conduzir o veículo, que era alugado de uma concessionária de Ourinhos.

Por fim, o carro foi apreendido e devolvido para a Concessionária locadora e os três jovens liberados, pois não existe materialidade que comprove a prática ilícita para realização de prisão em flagrante, sobretudo pelo fato de os pinos apreendidos não terem testado positivo para cocaína no exame pericial.

VEJA TAMBÉM

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana