SÃO PAULO

Três moradores de rua morrem após noite de frio e chuva em SP


Um corpo foi localizado na manhã deste sábado, na Zona Leste; na sexta, outros dois moradores em situação de rua morreram após onda de frio chegar à capital.

G1 | Redação
Três moradores de rua morrem após noite de frio e chuva em SP

Três moradores de rua morrem após noite de frio e chuva em SP

SÃO PAULO-SP — A polícia investiga a morte suspeita de dois moradores de rua em São Paulo na sexta-feira, dia 5, supostamente devido ao frio.

No primeiro caso, o morador de rua Gabriel Leguthe Laffot, 22 anos, foi encontrado morto nas escadas do terminal de ônibus e Metrô da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo, por volta das 9h desta sexta-feira.

Ele estava na Avenida Auro Soares de Moura Andrade, e foi avistado por passageiros.

Segundo o Metrô, “durante ronda nesta manhã, agentes de segurança da estação Barra Funda do Metrô encontraram o corpo de um homem e acionaram a Delpom (Delegacia do Metropolitano), localizada na própria estação Barra Funda, que está apurando a ocorrência.”

Ainda de acordo com o Metrô, “o frio e a chuva que atingiram a cidade de São Paulo nestes últimos dias foram especialmente severos para a população em situação de rua. O Metrô lamenta a morte e o fato de pessoas em situação de rua precisarem buscar abrigo em um terminal de ônibus.”

Segunda morte
Outro morador de rua, ainda não identificado, foi encontrado por volta das 14h30 de sexta-feira por moradores da região do Canindé, na rua doutor Pacheco e Silva, Centro de São Paulo.

A vítima, um homem ainda não identificada, foi encontrada perto de um orelhão, molhado e descalço. Algumas pessoas passaram pelo local e o cobriram com cobertores e um plástico, pensando que ele estava dormindo.

Segundo testemunhas, aparentemente, ele passou a madrugada na chuva. O homem não possuía documentos e o corpo não apresentava sinais de violência.

O caso foi registrado como morte suspeita no 12ºDP – Pari, que requisitou perícia ao local, exames de IML, exames necroscópico, toxicológico e de embriaguez para a vítima.

Terceira morte
Outro morador de rua foi encontrado morto na manhã deste sábado, dia 6, após uma madrugada de frio na região de Itaquera, na Zona Leste de São Paulo

Nesta madrugada, os termômetros da capital marcaram 7,4ºC, a menor marca do ano, segundo o Inmet.

A pessoa, ainda não identificada, foi encontrada com o corpo arroxeado na rua Professor Leonídio Alegrete, em Itaquera, por volta das 6h50 deste sábado, conforme a PM.

Policiais do 48º Batalhão da PM foram acionados ao local por moradores da região, e encontraram o morador em situação de rua já morto e sem marcas de violência. Aparentemente, segundo a PM e a Polícia Civil, o homem morreu devido ao frio.

O caso foi registrado no 63º Distrito Policial (Vila Jacuí), que irá apurar o caso.

Em nota, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) da Prefeitura de SP informou que realizou 162 acolhimentos junto à população em situação de rua nas últimas noites, sendo que elas foram encaminhadas aos centros de acolhidas municipais.

Ao todo, 24 pessoas recusaram serem encaminhadas a acolhimentos.

Comente

Veja Também