Polícia Militar emite nota sobre tiro que atingiu adolescente em Assis

O adolescente de 17 e um jovem de 20 anos teriam resistido e desobedecido a ordem de parada e tentado fuga.

Adolescente é atingido por tiro em abordagem policial na Avenida Rui Barbosa — Foto: Reprodução

ASSIS-SP — A Polícia Militar, através do 32º Batalhão de Polícia Militar do Interior, emitiu uma nota sobre a ocorrência de um disparo que atingiu um adolescente no último dia 16 de setembro, nas proximidades da CEF — Caixa Economica Federal na Avenida Rui Barbosa em Assis.

Na nota, a Polícia esclarece o que aconteceu e ainda cita que um dos envolvidos já tem passagens pela polícia por crimes não informados.

Confira a nota na íntegra.

NOTA DE IMPRENSA

O 32º Batalhão de Polícia Militar do Interior, sediado em Assis e responsável pelo policiamento ostensivo preventivo na região, informa que na data de 16 de setembro de 2020, por volta das 15h48, na cidade de Assis houve uma ocorrência na qual foi efetuado um disparo de arma de fogo. Durante patrulhamento os Policiais Militares avistaram uma motocicleta ocupada por dois indivíduos no interior de um posto de combustíveis, ambos com capacete na cabeça e, tendo em vista tal circunstância e o fato de que o local fora recentemente palco de um crime de roubo, resolveram abordar o veículo e seus ocupantes, contudo, ambos tentaram se evadir com a motocicleta e evitar a atuação dos agentes de segurança. Neste momento um dos Policiais Militares conseguiu segurar o condutor da moto tentando evitar sua evasão, porém, o passageiro investiu contra o Militar na tentativa de livrar seu comparsa e o veículo, fazendo com que o policial efetuasse um disparo de arma de fogo para proteger a si e seu parceiro de um eventual arrebatamento de arma, todavia, sua arma falhou. Apesar das diversas ordens para que cessassem suas ações e cumprissem as ordens legais, continuaram o entrevero contra os Militares, desobedecendo as ordens emanadas dos agentes públicos, fazendo com que o policial que ainda continuava segurando o condutor, efetuasse novo disparo contra as pernas do passageiro (pois mesmo após ser advertido para cessar as investidas, as desobedeceu), recebendo então um tiro em sua perna esquerda, com entrada na parte anterior da coxa e saída em sua parte posterior, sendo que somente após receber o disparo cessou as investidas, possibilitando sua apreensão (pois era menor) e a prisão do condutor. Foi solicitado socorro imediato para o ferido, que foi realizado através de equipes do Corpo de Bombeiro e SAMU. Em seguida, foi acionada a Polícia Técnico-Científica para perícia no local e no veículo.

Foi verificado que um dos indivíduos já possui passagens criminais anteriores e que a motocicleta se tratava de uma Honda CG com o número do chassi suprimido, cujo tanque era de cor vermelha mas foi pintado de cinza, e além disso ostentava placa de um outro veículo da cidade de Marília/SP (a placa era de uma Motoneta Sundown Web 100) e o motor exibia numeração pertencente a uma outra motocicleta Honda CG 150 Titan ESD de cor preta da cidade de São Paulo/SP, razões pelas quais foram apresentados na Central de Polícia Judiciária pelos crimes de Adulteração de sinal identificador de veículo automotor, Desobediência e Resistência.

POLÍCIA MILITAR. A FORÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO!

VEJA TAMBÉM

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana