Cidade da Criança inicia reabertura gradual a partir desta quinta-feira

Parque Ecológico, que fica em Presidente Prudente, está fechado desde março por causa da pandemia de Covid-19. Visitas poderão ser feitas mediante agendamento prévio.

Cidade da Criança em Presidente Prudente — Foto: Cedida | Secom

PRESIDENTE PRUDENTE-SP — Fechado desde março, quando teve início a pandemia do novo coronavírus, o Parque Ecológico Cidade da Criança será reaberto nesta quinta-feira, dia 1º de setembro, em Presidente Prudente. A medida ocorre após a cidade se estabelecer, desde o dia 5 deste mês, na fase amarela do Plano São Paulo, isto é, no período de flexibilização que permite a abertura de comércios, restaurantes e espaços públicos, levando sempre em consideração limite de ocupação e horário de funcionamento.

De acordo com a Setur — Secretaria Municipal de Turismo, do dia 1° a 16 de outubro, o funcionamento será somente de quarta-feira a sexta-feira, sempre das 13h30 às 16h, com horário máximo de chegada ao local até as 15h.

Além disso, para visitar o local será necessário realizar o agendamento prévio pelo Whatsapp, no número (18) 3902-9333. Por dia, a capacidade máxima será de 50 veículos, sendo que temporariamente está proibido o acesso de vans e ônibus no local.

“Inicialmente, optamos por esses dias e horários pelo fato de os animais do zoológico estarem há seis meses sem contato com o público, ou seja, é um período de readaptação dos animais. Já o período da manhã será para higienização e tratamento dos animais para que à tarde possam receber visita”, ressaltou a Setur.

Cidade da Criança em Presidente Prudente — Foto: Cedida | Secom

A partir do dia 16, quando deve haver uma reavaliação da situação de reabertura da Cidade da Criança, os dias e horários de funcionamento deverão ser ampliados. A Prefeitura lembra que neste período da fase amarela do Plano São Paulo os parques só podem abrir durante a semana.

O Poder Executivo ressalta ainda que para visitação no espaço deverão ser respeitadas medidas como 1,5 metro de distanciamento entre as pessoas durante a formação de filas e defronte o recinto dos animais, e uso obrigatório de máscara. O local terá álcool em gel disponível em pontos estratégicos e, por ora, não será permitida alimentação no local, com exceção de água para consumo próprio e individual.

“O Parque Ecológico tem como característica a presença de animais de vida livre. Sendo assim, a intenção de não permitir alimentação no espaço neste momento é que esses animais não sejam atraídos para os locais onde haja presença de público”, explicou a Setur.

Já aos pescadores, a retomada da pesca no local será a partir da próxima segunda-feira, dia 5 de setembro, com funcionamento exclusivo as segundas-feiras e terças-feiras, das 8h às 16h. O atendimento será voltado apenas aos cadastrados na Associação da Cidade da Criança, sendo necessário levar garrafa de água para uso individual.

Ainda neste primeiro momento, a Setur informa que os empresários que têm comércios alimentícios no espaço optaram por não reabrir, uma vez que com o horário reduzido não haveria fluxo considerável de clientes.

*G1

VEJA TAMBÉM

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana