Ciclista atropelada em Paraguaçu sai da UTI quase 20 dias após acidente

Jovem foi vítima de um atropelamento no dia 12 de outubro, quando pedalava com o marido.

PARAGUAÇU PAULISTA-SP — Saiu da UTI nesta sexta-feira, dia 30 de outubro, a jovem Dayane Gonçalves, após 18 dias internada em Paraguaçu Paulista. A informação foi divulgada pela sua irmã, Mislene Sumita, nas redes sociais.

A nutricionista de 26 anos, sofreu um acidente na noite de 12 de outubro, quando pedalava com o marido pela Rodovia Manílio Gobbi — SP-284, que liga Assis à Paraguaçu Paulista.

As vítimas foram atropeladas por um carro desgovernado, cujo motorista, de 61 anos, foi submetido ao teste de etilômetro que constatou sua embriaguez ao volante.

Segundo informações da polícia, um VW/Gol, de cor vermelha, placas de Maracaí, seguia pela rodovia, sentido Paraguaçu/Assis, e ao tentar ultrapassar uma carreta, bateu na lateral do veículo e perdeu o controle da direção. O carro rodou, atravessou a pista e bateu nos ciclistas.

O casal foi arremessado após o acostamento. O homem, de 32 anos, sofreu escoriações pelo corpo e sua bicicleta foi parar embaixo do Gol. Já a mulher, de 26, teve fraturas expostas.

*TV Paraguaçu

VEJA TAMBÉM

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana