Educação

Após instabilidade nos portais, MEC prorroga prazos do Prouni e Fies

MEC diz que sites sofrerem ataques hackers e pediu investigação da Polícia Federal.

Assis Notícias | Redação

Prouni e Fies têm prazos prorrogados pelo Ministério da Educação — Foto: Reprodução/RBS TV

EDUCAÇÃO — O Ministério da Educação — MEC — prorrogou nesta quarta-feira, dia 14, o prazo das inscrições das etapas em andamento do Programa Universidade para Todos — Prouni — e do Fundo de Financiamento Estudantil — Fies.

Novas datas:

  • Prouni: estudantes não matriculados em instituições de ensino superior podem se inscrever nas bolsas remanescentes até 19 de agosto. Para os matriculados, a data final continua a ser 30 de setembro.
  • Fies: as Comissões Permanentes de Supervisão e Acompanhamento — CPSA — das instituições podem validar as informações prestadas por estudantes pré-selecionados na lista de espera até 16 de agosto.
    A decisão ocorre após o portal do programa e do fundo sofrer ataques hackers entre 5 e 7 de agosto, segundo o ministério. Alguns estudantes poderiam se prejudicar devido à instabilidade nas páginas do site do MEC.

O Sistema Presença, que registra a frequência escolar para pagamento do benefício do Bolsa Família, também passou por instabilidade. O ministério, no entanto, decidiu não prorrogar o prazo, já que a data limite para envio das informações é 23 de agosto.

Bolsas remanescentes do Prouni
Os interessados em obter uma bolsa de estudos deverão se inscrever no site do programa (http://www.siteprouni.mec.gov.br/). Pode concorrer:

  • Quem for professor da rede pública de ensino
  • Quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, não tenha zerado na redação e tenha obtido nota superior a 450 pontos.

O Prouni foi criado em 2004 para oferecer bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de ensino superior.

Comente

Veja Também