acidente

Dois acidentes com caminhonetes deixam feridos no Centro-Oeste Paulista

Durante a madrugada desta quinta-feira, dia 15, veículos saíram da pista em rodovias de Quintana e de Santa Cruz do Rio Pardo-SP. No total, seis pessoas sofreram ferimentos.

Assis Notícias | Redação

Caminhonete saiu da pista e bateu em uma árvore ao lado do acostamento da SP-294, em Quintana — Foto: João Trentini/Divulgação

QUINTANA-SP — Dois acidentes envolvendo caminhonetes deixaram pelo menos seis pessoas feridas em rodovias do Centro-Oeste Paulista durante a madrugada desta quinta-feira, dia 15.

O caso mais grave aconteceu na rodovia João Ribeiro de Barros — SP-294, em Quintana-SP, onde uma caminhonete que seguia no sentido Marília-Tupã perdeu o controle no km 498, entrou na contramão e bateu numa árvore ao lado do acostamento.

Segundo a Polícia Rodoviária, quatro pessoas estavam no veículo, todas moradoras de Jundiaí. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista não se feriu, dois passageiros tiveram ferimentos leves e uma pessoa foi resgatada com ferimentos considerados graves.

Ainda segundo os bombeiros, a vítima mais grave foi encaminhada para a Santa Casa de Tupã e as vítimas leves encaminhadas para o Hospital de Quintana.

Quatro pessoas moradoras de Jundiaí estava na caminhonete que se acidentou em Quintana — Foto: João Trentini/Divulgação

Batida durante ultrapassagem
No segundo caso registrado na madrugada, três pessoas da mesma família ficaram feridas depois que a caminhonete onde estavam se acidentou no km 13 da rodovia Orlando Quagliato (SP-327), em Santa Cruz do Rio Pardo.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a caminhonete teria tentado ultrapassar um caminhão, mas na manobra chocou-se contra o próprio caminhão e ambos os veículos saíram da pista, Caminhonete e caminhão foram parar na área de mato, a cerca de 40 metros do acostamento.

Ainda de acordo com os bombeiros, o motorista do caminhão não feriu. Na caminhonete estavam uma menina de 11 anos e seus pais, que foram resgatados com ferimentos e encaminhados para a Santa Casa de Ourinhos.

Como os veículos foram parar na vegetação que fica ao lado do acostamento, não houve a necessidade de interditar a rodovia.

Comente

Veja Também