Mulher envia mortadela recheada com maconha para marido preso em presídio de Reginópolis

Agentes encontraram o entorpecente durante vistoria feita nas encomendas enviadas pelos Correios aos detentos.

Dentro das peças de mortadela havia cerca de 18 gramas de maconha; BO foi registrado na polícia — Foto: SAP/Divulgação

REGINÓPOLIS-SP — Agentes de segurança que trabalham na Penitenciária I de Reginópolis apreenderam porções de maconha camufladas em uma peça de mortadela. A droga foi enviada à unidade na última sexta-feira, dia 09 de julho de 2021, pela companheira do preso.

O flagrante ocorreu durante inspeção feita nas encomendas que chegam aos presos pelo Correio, via serviço de Sedex. A vistoria foi realizada na presença do destinatário.

Na ocasião, ao inspecionar o alimento, a equipe localizou dois invólucros contendo o entorpecente, que pesaram cerca de 18 gramas.

Segundo a SAP — Secretaria de Administração Penitenciária, a direção do presídio registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

 

Outras Notícias

Mais acessadas da seamana